Quem Manda Aqui?

de Max Lucado

 



 

Com o fim de ano já à porta, e muitas pessoas precisando tomar decisões e fazer planos, vamos examinar nas próximas reflexões do iluminalma como conhecer a vontade de Deus. Ninguém melhor para nos ajudar do que Max Lucado. Aliás, estamos preparando uma surpresa especial agora em 2013 com um site e material exclusivo de Max. Se você quiser ficar a par de tudo, curta a nova página do iluminalma no Facebook

Você já teve dificuldade em descobrir a vontade de Deus para o seu futuro?
Você não está sozinho.
"Mudo para São Paulo ou
fico no Rio de Janeiro?

Aposento-me ou continuo trabalhando?
Vou ser engenheiro da IBM ou
um balconista numa loja de departamentos?

Devo casar-me ou
ficar solteiro?"

As perguntas são intermináveis. Uma segue-se à outra. Toda nova responsabilidade exige novas decisões.

"Que faculdade meu filho deve freqüentar?
É hora de ter filhos?
Devo morar perto da igreja ou não?"
Como é que podemos saber o que Deus quer?

Buscar conselho? Orar? Ler a Bíblia? Tudo isso está certo, mas existe uma decisão que deve ser tomada em primeiro lugar. (Espere um pouco, ela é difícil).

Para saber qual a vontade de Deus, devemos nos entregar totalmente à vontade de Deus. Nossa tendência é tomar a decisão por Deus. Eu costumava fazer isso com minha mãe. Quando eu era criança detestava ficar resfriado por duas razões:

(1) Eu sofria e
(2) minha mãe era enfermeira.

Como mamãe era enfermeira, ela sabia que a maneira mais rápida de curar a gripe era com uma agulha... em meu traseiro.

Ai! (Eu cresci achando que "penicilina" era um palavrão).

Quando ela me dizia para ir buscar "o remédio", eu pegava tudo menos a odiosa agulha de injeção. Voltava com as mãos cheias: aspirina, gotas para os olhos, os ouvidos, o nariz, ataduras para o tornozelos, tudo menos penicilina. Mas, como as boas mães sempre fazem, ela não hesitava: "Você sabe que não é nada disso. Agora, volte", e ela sorria. Eu voltava e ia buscar a agulha.

O ponto a ser observado é este mesmo. Não vá para Deus com opções e esperando que ele escolha uma das suas preferências.

Vá para Deus com as mãos vazias...
sem planos ocultos...
dedos cruzados...
nada escondido por trás das costas. Vá até ele disposto a fazer o que quer que ele lhe diga.

Se você lhe entregar a sua vontade, ele irá então aperfeiçoá-lo em todo bem, para que você cumpra a vontade dele (Hebreus 13.21).

Essa é uma promessa.

Veja mais mensagens e reflexões sobre a vontade de Deus em www.hermeneutica.com



Copyright © 2012 Max Lucado. Todos os direitos reservados.