O Jeitinho do Diabo

de Dennis Downing

 



 

O Diabo o levou a um lugar alto e mostrou-lhe num relance todos os reinos do mundo. E lhe disse: “Eu te darei toda a autoridade sobre eles e todo o seu esplendor, porque me foram dados e posso dá-los a quem eu quiser. Então, se me adorares, tudo será teu”.

Jesus respondeu: “Está escrito: ‘Adore o Senhor, o seu Deus, e só a ele preste culto’”.
Lucas 4:5-8

Jesus veio estabelecer seu Reino aqui na terra. A segunda tentação era de fazer isso pelo caminho curto.

A essência desta tentação é a de que o fim justifica os meios. Se o nosso alvo ou projeto é bom ou importante, seremos eventualmente tentados a dar um "jeitinho" nos obstáculos ou barreiras.

Um exagero aqui ou omissão acolá. Algo emprestado sem permissão ou uma "mentirinha" podem ajudar a alcançar o alvo.

No entanto, naquele passo já começamos a desvirtuar o que poderia ser obra de Deus. Ela se torna feito do inimigo.

Há obras que parecem de grande importância no Reino de Deus, mas, que acabam impedindo a vontade dEle justamente pelos meios que nós usamos.

Os meios legítimos e verdadeiros são muito mais demorados e cansativos. Seu preço às vezes é muito alto. Mas, só eles trazem glória ao Único que merece.

O "culto racional" do crente (Rom 12:1) é uma vida regida pela vontade do Senhor em tudo: motivos, meios e metas. Pode haver caminhos mais curtos, mas, somente um leva ao céu. Foi este que Jesus escolheu.

Sejam quais forem os desafios que você enfrentará hoje ou em breve, escolha o meio que glorifique a Deus. Este é o caminho que levará para onde você quer ir.

Pai Santo, ajude-nos a ficarmos atentos e purificar tudo: motivos, meios e metas. Que o Senhor seja glorificado em tudo que fazemos e tudo que somos. Que nosso caminho seja sempre um - nos passos do nosso Salvador. Em nome de Jesus oramos. Amém.


Veja mais reflexões do devocional diário "Jesus disse..."

  Copyright © 2013 Dennis Downing. Todos os direitos reservados.